PENSO, LOGO, BLOGO!

Blog inserido no debate político e de fatos importantes do Município de Londrina (y otras cositas más), que pretende trazer a visão desta jornalista e cidadã londrinense. Lorena Pires Rostirolla (MTB/PR 2.943)

31 de dez de 2010

Feliz Ano Novo

Àqueles que, porventura, acessarem meu blog e a todos os meus amigos e amigas desejo que tenham uma feliz passagem de ano e que 2011 seja de realizações e felicidade.

8 de nov de 2010

HAHAHA...CPMF

Ai.... meu Brasil brasileiro...

Vamos lembrar um pouco da história recente do Brasil. Mais precisamente, começo a falar a partir de 1993:


1993 - é criada uma alíquota sobre movimentações financeiras que, em 1994, passou a se chamar Imposto Provisório sobre Movimentação Financeira (IPMF). A alíquota era 0,25% e existiu até dezembro de 1994.


POR ACASO...(risos)... QUEM ERA O MINISTRO DA FAZENDA DA ÉPOCA?
RESPOSTA: FERNANDO HENRIQUE CARDOSO.


Na época eu era funcionária da Saúde, eleita como diretora  no Sindserv e representava os trabalhadores da Saúde no Conselho Municipal de Saúde. Já naquele momento discutia-se transformar o IPMF em Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) e vinculá-lo à Saúde. Defendi contra qualquer tentativa de criar mais um tributo, principalmente porque tínhamos a visão de que qualquer imposto que fosse criado para "ampliar" recursos seria apenas uma forma de reduzir o orçamento que era destinado à Saude pelo Governo Federal.

1996 - é criada a CPMF com destinação de arrecadação para a Saúde, com alíquota de 0,2%, que passou a ser aplicada em 1997. Depois a contribuição passou a ser de 0,38%.

RIO NOVAMENTE PORQUE - PASMEM - QUEM CRIOU A CPMF FOI O ENTÃO PRESIDENTE DO BRASIL, FERNANDO HENRIQUE CARDOSO. E QUEM ERA O MINISTRO DO PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO (1995-1996)? JOSÉ SERRA

O que realmente aconteceu a partir da criação da CPMF? Basta pegar os orçamentos da Saúde do governo de FHC e vocês verão que duas coisas ocorreram. Primeiro: conforme ia entrando o valor da CPMF, ia sendo reduzido o orçamento da União para a área. Nós, usuários do SUS e trabalhadores de saúde, tínhamos a certeza de que isso ocorreria. Eu, pessoalmente, defendi a proposta e moção contra a criação desse tributo na 4ª conferência Municipal de Saúde de Londrina e na 3ª Conferência Estadual de Saúde do Paraná. Segundo: para mascarar a redução dos investimentos na saúde o Governo Federal e Estados defendiam a inclusão da área de saneamento básico como inerente à área de saúde, o que, aparentemente, engordava o orçamento.

2003 - O presidente Lula assume o Governo Federal e, imediatamente, as mesmas forças que criaram o tributo começam a questionar sua existência e iniciam um lobby contra a cobrança da CPMF, porque sabiam que o Governo de Lula voltaria a investir recursos na Saúde e com a CPMF, a gestão nessa área teria sido muito melhor do que já tem sido.

MESMO SEM A CPMF, POSTO AQUI NESTE MEU HUMILDE BLOG A COMPARAÇÃO ENTRE OS DOIS GOVERNOS - O DE FHC E O DE LULA - PARA A ÁREA DE SAÚDE. SE QUISEREM SABER DE OUTRAS COMPARAÇÕES É SÓ ACESSAR O CONVERSA AFIADA, DE PAULO HENRIQUE AMORIM.


"Saúde


Desnutrição infantil – caiu 61%, passando de 12,5% em 2003, para 4,8% em 2008.


Taxa de mortalidade infantil – caiu de 24,3 mortes por mil nascidos vivos em 2002, para 19,3 por mil em 2007.


Saúde da Família – em 2002, 4.163 municípios eram atendidos por 16.734 equipes. Já em 2010, 5.275 municípios são atendidos por 31.500 equipes.


Agentes comunitários de saúde – eram 175.463 agentes em 5.076 municípios em 2002. Hoje, são 243.022 agentes em 5.364 municípios.


Equipes de saúde bucal – eram 4.261 em 2002. Hoje, são 20.103 equipes de saúde bucal, que cobrem quase metade da população brasileira.


Serviços de reabilitação – os recursos do Ministério da Saúde destinados ao atendimento de pessoas com deficiência saltou de R$ 129,6 milhões em 2002, para R$ 538,4 milhões em 2009.


SAMU 192 – Hoje, 1.437 municípios são atendidos pelo SAMU, que não existia antes do Governo Lula. São 1.956 ambulâncias que correm o Brasil atendendo casos de urgência.


Assistência farmacêutica – os recursos do Ministério da Saúde destinados para a distribuição de medicamentos no SUS passou de R$ 660,16 milhões em 2002 para R$ 2,36 bilhões em 2010."


E ASSIM VAMOS TENTANDO MANTER A MEMÓRIA VIVA E, AO MESMO TEMPO, CONTANDO UM POUCO DA HISTÓRIA PARA QUEM NÃO A VIVENCIOU.

2 de nov de 2010

REPRESÁLIA ÀS DECLARAÇÕES DE DILMA

Era de se esperar que o feedback de forças internacionais que sempre apoiaram o projeto tucano neoliberal - que lhes é conveniente - reagissem às declarações da presidenta eleita, Dilma Rousseff, de que não entraria no jogo da guerra cambial, que trabalha a desvalorização da moeda como forma de controlar economias.

Dilma foi bem clara a respeito disso nas entrevistas que deu à Record e à Globo ontem (dia 1°). Hoje o The Guardian e o Financial Times, jornais ingleses, trouxeram manchetes e matérias negativas (veja aqui) quanto à atuação da próxima presidenta.

Minha pergunta é: Até quando teremos que ouvir este tipo de asneira da imprensa que acoberta intenções ideológicas de países que só sabem criar crises mundiais?

Minha resposta é: Vão catar coquinhos todos vocês. Deixem a mulher trabalhar.

31 de out de 2010

LONDRINA, SINTO MUITO

Sinto muito, Londrina,
Minha cidade natal.
Sinto muito por saber que você
Só se beneficiou com governos de esquerda
Que a levaram a ser
Uma das cinco melhores cidades
Para se viver no Brasil.
Graças também aos investimentos federais
Desse presidente (Lula)
Da presidente eleita (Dilma)
E desse partido (o PT)
Que você desdenha
Com sua votação
Só não sinto tanto
Porque quase 25% dos moradores
- Nos quais me incluo -
Soube reconhecer o maior governante
Que este país já teve.
Quase 25% soube reconhecer
Que o Brasil melhorou.
Mesmo assim, tenho certeza,
Que nossa primeira presidente mulher
Não nos virará as costas
E continuará a beneficiar, inclusive,
Os mais de 75% que votaram no tucano
Minha maior alegria e repetir aqui uma frase que li
E que considero fundamental para mostrar nossa força:

"Um tucano pode até voar, mais jamais irá alcançar uma estrela"!

PARABÉNS, BRASIL!

Nosso país está realmente mostrando sua força. Parabéns a nós mulheres que teremos como maior autoridade uma mulher forte como tantas brasileiras. Parabéns aos homens que entenderam que competência não tem sexo.

Parabéns todos os homens e mulheres que mostraram nas urnas qual Nação nós queremos e que o projeto do PT é o que realmente representa todos os setores da sociedade e não elites e conchavos internacionais do neoliberalismo aliado às extremas direitas como a TFP, religiosos radicais e reacionários, monarquistas, etc...

PARABÉNS DILMA, NOSSA PRIMEIRA PRESIDENTE MULHER.

30 de out de 2010

ESSA É DEMAIS

O candidato tucano José Serra inaugurou a prostituição eleitoral no último dia 28, em discurso de campanha, na cidade de Uberlândia (MG). Veja matéria "Serra pede que ‘meninas bonitas’ consigam votos de pretendentes…", publicada no UOL.

No blog TIjolaço (um espaço esclarecedor sobre a campanha do tucanato) está o repúdio (leia abaixo) a esta atitude que mostra bem como pensa e o respeito que esse tucano tem às mulheres brasileiras:


Tijolaço.com – Blog do Brizola Neto (28/10/2010)

O senhor José Serra está, como todos sabem, fazendo uma campanha que apela para preconceitos e explorações as mais baixas.
Em geral, faz isso com ataques desrespeitosos a Dilma Rousseff.
Hoje, porém, ele ofendeu todas as mulheres.
Ao pedir a eleitoras, em Uberlândia, que conseguissem mais votos, ele se superou, se é possível dizer que se supera quem desce ao preconceito mais vil contra a mulher.
Em lugar de pedir que lhe conquistassem votos com argumentos e conversas políticas, sugeriu que elas fizessem um leilão de seus atributos físicos.
“Se você é uma menina bonita, tem que conseguir 15 votos. Pegue a lista de pretendentes e mande um e-mail. Fale que quem votar em mim tem mais chance com você”, pediu ele, como relata o portal UOL.
Cercado por grupos de batucada e fanfarra contratados, além de cerca de cinco ônibus vindos de Belo Horizonte com militantes, que recebem R$ 40 por dia, Serra faltou ao respeito com todas as mulheres que, a cada dia, lutam por conseguir ver reconhecida sua capacidade intelectual e política, que não é em nada inferior à dos homens.
Votar em Dilma, além de ser um ato de reconhecimento a esta luta, passou a ser algo que toda mulher e que todo homem que as respeita deve fazer contra este tipo de visão odiosamente machista, porque agride a inteligência e a dignidade de nossas mães, esposas, amigas, filhas e netas. Pergunte a uma delas se ela aceitaria fazer o que Serra sugere. Não é preciso mais para que qualquer pessoa entenda que tipo de homem é ele.

27 de out de 2010

VALE A PENA LER

Vale a pena ler a última edição da Isto É. Ela traz "Santos e santinhos de uma guerra suja" como matéria principal e de capa e mostra "como a central de boatos do candidato José Serra armou com a TFP, monarquistas, integralistas e radicais religiosos um esquema de difamação e distribuição de informações falsas, atuando nos subterrâneos da campanha presidencial".

Para mim é uma edição especial, já que esta é uma revista de grande circulação que está mostrando um lado da campanha de Serra que a grande mídia não quer mostrar.

Veja no site da Isto É.

26 de out de 2010

AMAURY RIBEIRO JR REVELA

O Terra divulgou hoje (26), às 19h20, carta do jornalista Amaury Ribeiro Jr sobre ontém informações sobre a CPMI do Banestado, conseguidas, segundo o jornalista, "de forma legal sem quebra de sigilo fiscal".

Leia matéria na íntegra.

Leia trechos de documentos entregues pelo jornalista à Polícia Federal.

22 de out de 2010

A FITA ADESIVA DO JORNAL NACIONAL

Notícias  12:13 22/10/2010
Do site do PT Nacional

PHA: Professor de Jornalismo Gráfico desmoraliza fita adesiva do JN



O professor de Jornalismo Gráfico José Antonio Meira da Rocha, da Universidade Federal de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, reproduziu quadro a quadro as cenas do tumulto envolvendo o candidato José Serra no Rio de Janeiro e chegou à conclusão de que não há qualquer fita adesiva sendo atirada contra ele - desmentindo a versão que o Jornal Nacional,  da Globo, levou ao ar ontem (21) à noite.

A análise das imagens está no blog do jornalista Paulo Henrique Amorim. Clique aqui para ver.

UMA ATITUDE CIDADÃ

Vejam reportagem do Jornal Gazeta de Joinville com Sheila Canevacci, ex-aluna de Mônica Serra:


MATÉRIA DO DIA 21/10/2010

JORNAL "GAZETA DE JOINVILLE"

Quem é Sheila Canevacci?

Ela foi chamada de “fake” (perfil falso), foi acusada de ser ligada ao PT, de ser ligada ao PSDB. Foi chamada até de mentirosa, no entanto, Sheila Canevacci, não só existe, como é uma profissional de sucesso na sua área, fez mestrado no Canadá e atualmente faz doutorado na PUC de São Paulo. Além disso, ela é casada com um dos mais conceituados antropólogos do país, o professor e escritor Massimo Canevacci que, apesar de ser italiano, roda o Brasil fazendo onde é ovacionado por seus pensamentos.

À beira da lagoa
O facebook levou Sheila Canevacci para o mundo, mas a doutoranda (que gosta de ser chamada de bailarina) está mais perto do que se imagina. Ela e seu marido vivem em Florianópolis onde Massimo é professor visitante da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Em Joinville
No último domingo (17), quando o Brasil tentava descobrir quem era a mulher que revelou o aborto feito pela esposa do candidato a presidência José Serra, seu marido estava em Joinville. Massimo esteve no Bom Jesus Ielusc apresentando um novo conceito de Metrópole. Deixou o local aplaudido de pé por professores e estudantes de história, patrimônio, comunicação, artes e design.

Apenas uma cidadã
Perguntada se estava surpresa com o reboliço em torno de sua declaração, Sheila diz que ficou espantada com o caminho que o caso tomou: “Chocou tanto aos brasileiros que as pessoas que são petistas ficavam me acusando, num primeiro momento, que eu era armação do PSDB. E as pessoas do PSDB ficaram falando que eu era da campanha suja de boatos do PT. Então, acho isso muito interessante porque as pessoas não botam fé, não acreditam, que uma simples cidadã possa se manifestar porque viu um debate” diz a doutoranda.


Entrevista • Sheila Canevacci Ribeiro


O debate
Eu estava na minha casa, sentada, de pijama, assistindo ao debate (no dia 10 de outubro, na TV Bandeirantes). Eu não estava acompanhando nada, nenhuma polêmica. Aí eu ouvi a Dilma falando que a Mônica Serra tinha acusado ela de matar criancinha. E eu me assustei com isso. Pensei: “Ué, que esquisito”. E virei para o meu marido (o antropólogo Massimo) e falei: “Impossível. A Mônica Serra já fez o aborto”.

Silêncio de Serra
Continuei ouvindo o debate e esperei uma resposta do Serra. Como o Serra não falou nada, aquilo ficou na minha cabeça. Pensei assim: “Será que a Mônica Serra falou isso?”. Seria impossível a Mônica Serra falar isso porque ela foi uma vítima da Ditadura Militar que teve, por motivo disso, fazer um aborto. Coisa que ela disse numa classe de aula, numa universidade pública. Aquilo ficou na minha cabeça por causa da não resposta, não posicionamento do Serra.

Facebook
Eu escrevi uma reflexão no meu facebook. Pensando o seguinte: se uma pessoa foi vítima de uma circunstância e foi levada a fazer um aborto, como é que essa pessoa pode ser uma militante fervorosa contra a descriminalização do aborto? Porque isso significaria para mim que aquela pessoa está se incriminando. Se eu falo “o aborto é crime” e eu fiz um aborto, mesmo numa circunstância horrorosa, que é o caso da maioria das pessoas que tem que fazer o aborto, como eu posso querer que isso seja crime?

Comparação
Imagine você estar na sua casa, assistindo televisão, você ouve alguém falando para a mulher do Nelson Mandela que o Nelson Mandela (lutou contra o racismo) é racista. E aí a mulher do Nelson Mandela não fala nada. Eu, na minha casa, como uma cidadã normal vou falar assim: “que estranho”. 

Arrependimento
Sabe que eu não saberia responder. Mas, espontaneamente, vou dizer que não me arrependi pelo seguinte: foi aberto um discurso sobre a questão do aborto. O aborto tem que ser discutido. Porque no estado brasileiro é crime. E eu não acho isso correto. O outro lado é as eleições. Será que eu me arrependo? Não sei se me arrependo. Acho que também não. A única coisa que eu não gosto mesmo, que me dá uma dorzinha, que eu fico triste, é em relação à Mônica Serra como pessoa.

Apoio
Pessoas religiosas mandaram mensagens para mim dizendo que são contra o aborto, mas elogiando minha atitude porque não estão gostando do jeito que a Mônica Serra está usando a religiosidade em prol de uma coisa eleitoreira.

Mônica Serra
Eu respeito a Mônica Serra, assim como respeito todos os meus professores, e adorei que ela compartilhou essa humanidade dela na aula. Porque eu acho que a beleza da universidade é falar de filho, é falar de psicologia, é falar de sorvete. É também falar de coisas tristes de sua vida pessoal, de aborto. Porém, a Mônica Serra não é a mulher do jornalista, do padeiro. Ela não é somente uma professora que falou numa sala de aula uma coisa. Ela é a mulher de um candidato à presidência da república. E o que ela fala e faz conta.

Culpa do Serra
O problema em relação a esse “bafafá” todo, se tem uma pessoa que causou isso, essa pessoa é o José Serra. Porque se ele não tivesse silenciado, não teria acontecido isso.

Medo?
Um jornalista pediu para me proteger. Por quê? Eu não tenho que me proteger.

Revolta dos tucanos
As pessoas, num primeiro momento, ficaram muito reativas. Escreveram mensagens no facebook para mim muito agressivas, muito violentas. Não sou acostumada a viver na violência. Também eu não trabalho com jornalismo, eu não trabalho com política. Eu fiquei muito assustada. Muito mesmo.

Sinceridade
Agora, nesse segundo momento, que as pessoas estão percebendo que eu existo, que eu não sou armação de nada, as pessoas estão assustadas com a minha sinceridade. Essa é a coisa mais interessante que está acontecendo. Estou acostumada que as pessoas conversem sobre as coisas. Sem ficar criticando, acusando.

Ditadura e PSDB
As pessoas ficam falando assim: “o pessoal do PSDB vai te matar”. “Por que eles vão me matar?”. “Porque você acabou com ele”. “Eu não acabei com ninguém. Eu dei um depoimento de pessoa cidadã, de um debate”. Estão falando que vão me matar, que eu vou desaparecer, que eu vou ser
torturada. Pelo que eu saiba estes são os parâmetros da ditadura militar.

Eleitora da Dilma
As pessoas acham que eu sou do PT. Eu sou uma eleitora da Dilma e eu acho que não há problema nenhum falar que sou eleitora da Dilma. Porque os brasileiros, na democracia, têm dois turnos. Tem o primeiro turno com vários candidatos e no segundo turno três opções: Dilma, nulo e Serra. É simples assim.

Colegas de turma
Uma delas que mora em Brasília deu o relato para o Gilberto (do jornal Correio do Brasil), para a segunda matéria. Ela não quis se identificar porque ela tem medo. Eu conversei com ela no facebook também.

Resposta de Serra
Eu não obtive uma resposta do José Serra. Se o José Serra for eleito, eu gostaria de ter um presidente que me responda as coisas. Meu único problema, como brasileira, é esse, não é outro.

http://www.gazetadejoinville.com.br/181020103.html

21 de out de 2010

OLHA O DESESPERO:

Vejam na reportagem do SBT o que foi que atingiu o candidato José Serra em Campo Grande (RJ) no blog O Tijolaço.


HAHAHA... UMA BOLINHA DE PAPEL E UMA FARSA MONTADA.


ISSO SIM É DESESPERO.

20 de out de 2010

PARANÁ PERDE COM LEI DE SERRA NA CONSTITUINTE

No site AS PERDAS DO PARANÁ a matéria de capa "LEI DE AUTORIA DE JOSÉ SERRA CAUSOU PREJUÍZOS DE R$ 32,5 BILHÕES AO PARANÁ" mostra que a lei, do então deputado federal José Serra, aprovada na Constituinte de 1988, e em vigor até hoje, impede que o ICMS, o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços, que incide sobre a produção de energia elétrica, nossa maior riqueza, seja recolhido no Paraná.

17 de out de 2010

"Se nos calarmos, até as pedras gritarão!"

Parte da carta de católicos e evangélicos sérios e preocupados com o Brasil que recebi em meu email pessoal:

"...1. Nestes dias, circulam pela internet, pela imprensa e dentro de algumas de nossas igrejas, manifestações de líderes cristãos que, em nome da fé, pedem ao povo que não vote em Dilma Rousseff sob o pretexto de que ela seria 
favorável ao aborto, ao casamento gay e a outras medidas tidas como “contrárias à moral”. A própria candidata negou a veracidade destas afirmações e, ao contrário, se reuniu com lideranças das Igrejas em um diálogo positivo e aberto. Apesar disso, estes boatos e mentiras continuam sendo espalhados. Diante destas posturas autoritárias e mentirosas, disfarçadas sob o uso da boa moral e da fé, nos sentimos obrigados a atualizar a palavra de Jesus, afirmando, agora, diante de todo o Brasil: “se nos calarmos, até as pedras gritarão!” (Lc 19, 40)...."

VEJA A CARTA (aqui) E QUEM JÁ ASSINOU E ENVIE PARA TODOS OS SEUS CONTATOS PARA QUE ASSINEM TAMBÉM.

O BRASIL NÃO PODE VOLTAR A SER UM PAÍS QUE NÃO RESPEITA AS DIFERENÇAS, MAS SIM O PAÍS QUE DIALOGOU COM TODOS OS SETORES E FEZ PROGREDIR TODA A SOCIEDADE..

O Brasil sem bonés do MST

Este é o Brasil de Serra. O Brasil que não respeita os movimentos sociais. O Brasil que não quer o controle social. O Brasil que vai novamente beneficiar as elites brasileiras que se alimentaram da miséria do povo brasileiro.

E fica a pergunta: COMO DEVE ESTAR SE SENTINDO AGORA A MARINA? ELA É ALGUÉM QUE SURGIU E SE FORTALECEU NOS MOVIMENTOS SOCIAIS. POR QUE NÃO SE MANIFESTA AGORA PENSANDO NO BEM DO BRASIL.

MARINA, SERÁ QUE VOCÊ SE VENDEU AO PENSAMENTO DA DIREITA?

11 de out de 2010

Os Dons?????????????????????

Até quando vamos ter que aceitar a interferência religiosa sobbre a ação do Estado.

O ESTADO DEVE SER LAICO.

Pior ainda é ver sacerdotes hipócritas fazendo campanha para o tucanato e usando o aborto, tema sério que deve ser  debatido por toda a sociedade, para atacar o governo do presidente Lula e a campanha de Dilma.

Estes "santos" homens escondem-se atrás da batina e usam a igreja para fazer campanha. Isso é uma vergonha.

Nenhum presidernte neste país foi mais preocupado e desenvolveu ações para os mais pobres, que durante muito tempo sustentaram, com sua situação de pobreza, a igreja que, com suas cestas básicas e esmolas, mantinham suas ovelhas amarradas.

Peço desculpa àquele lado da igreja que é diferente e que luta junto com a comunidade pela dignidade, justiça e cidadania.

Porém sou obrigada a falar da banda podre.

Quero saber quanto o arcebispo de João Pessoa está levando para fazer terrorismo na internet.

  

23 de set de 2010

O que não dá para ouvir...(2)

... sem questionar.

O discurso "fácil" do candidato Levy Fidélix (PRTB) trata de um tema complicado. Ele diz que vai baixar impostos, tributos e ao mesmo tempo investir mais em educação, saúde, segurança e etc... Da forma como está configurada a estrutura administrativa e tributária brasileira, como é que o cara pretende fazer isso? Não sei se alguém percebeu, mas a figura não toca no assunto reforma tributária e nem fala como pretende conseguir a façanha.

É tudo blá, blá, blá

Sei que o cara é fraquinho, porém não consegui me furtar de tratar o assunto aqui no meu blog.

O que não dá para ouvir... (1)

... sem questionar.

Se o ensino fundamental de 1ª à 4ª série é de responsabilidade dos municípios e os professores são pagos pelas prefeituras, como é que o candidato tucano pretende colocar mais um(a) professor(a) na 1ª série? Ele vai interferir na gestão municipal? Ele vai federalizar as escolas municipais?

Eles subestimam mesmo o povo.

12 de set de 2010

Evolução do salário-mínimo no Brasil

Acima, os valores em reais do salário-mínimo, de 1994 a 2010
(fonte: PortalBrasil.Net).

Observe que o orçamento de 2003 (votado no final de 2002, ainda governo FHC) prevê um aumento incomum para o padrão tucano: 40 reais. Isso se deu porque os tucanos já sabiam que seriam oposição a partir de 2003, e, com as contas do país desarrumadas, quiseram dificultar o primeiro ano do governo Lula, dando um aumento acima do de costume.

Se considerarmos apenas os 7 primeiros anos de governo FHC, quando tal lógica de “dificultar para o sucessor” não estava em jogo, a média de aumento dos mínimos do governo FHC cai para R$14,28.

Comparando os 8 anos de governo FHC com os 7 de Lula, vemos que os aumentos do petista são 2,2 vezes maiores que os do tucano. Obviamente essa maior quantia de renda recebida pelos trabalhadores é uma das grandes responsáveis pela geração de mercado interno e, consequentemente, pela solidez da economia nacional ante crises externas.

Caso a tendência FHC tivesse sido mantida, traduzindo, caso Serra tivesse ganho as eleições de 2002, hoje o mínimo estaria em torno de 360 reais apenas. Isso se a quebradeira da economia, especialidade tucana, não continuasse.

Se compararmos o mínimo em dólares, aí teremos um quadro ainda mais favorável a Lula e mais desfavorável aos tucanos:

Fonte: Wikipedia

Perceba que o poder de compra, em dólares, dos trabalhadores despenca em 1999. Era início do segundo mandato de FHC, quando se começou a pagar pelas irresponsabilidades do primeiro mandato, que, num primeiro momento, fizeram a festa da classe média e garantiram a reeleição do tucano, para logo após quebrarem o país.

No governo Lula, com a desvalorização do dólar ante o Real, a estabilização da economia, além é claro dos aumentos maiores no salário-mínimo, o poder de compra de quem trabalha chegou a atingir 290 dólares em 2010.

Por isso, pelo aumento dos rendimentos dos trabalhadores em Real e em dólar, a renda do trabalho tem sido responsável por aproximadamente 75% da queda da desigualdade no Brasil – bem mais que o Bolsa-Família.

Do blog Anti Tucano

Serra precisa de óleo de peroba

Mas esse Serra é muito cara de pau, mesmo! A postagem que colocarei a seguir mostra porque o povo brasileiro não cai no engodo desse cara. É muito fácil colocar na propaganda eleitoral que vai aumentar o salário mínimo para R$600,00. Primeiro, é uma irresponsabilidade e propaganda enganosa declarar este tipo de coisa. Segundo, porque essa não é a prática dos tucanos.

Vou postar a seguir, no In Foco In Loco, artigo do blog Anti Tucano, de Lucas Santos.

TABELA COMPARATIVA

Engraçado que agora o PSDB tem todas as soluções para o Brasil. Por que não fizeram pelo país quando tiveram oportunidade? Basta ver a diferença. Esta tabela circula na Internet e mostra a diferença e o que pode fazer um governo que realmente encara o Brasil como uma nação soberana.

5 de set de 2010

Se eles podem fazer isso na TV, eu faço na web

O Brasil não merece isso


O PSDB comandando o Brasil? Ninguém merece. Basta fazer a comparação para saber quão desastroso pode ser ter de volta estes políticos.

E os movimentos sociais e populares devem ficar atentos também ao discurso do candidato ao Governo do Paraná, Beto Richa. No horário eleitoral fica bem clara a defesa das elites, principalmente dos grandes da agricultura. É o discurso da TFP.

Eleições 2010 - Lula desmente Serra

O presidente Lula afirmou nesta sexta-feira (3) que o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, não o alertou sobre o vazamento de dados fiscais de sua filha Veronica, mas sim se queixou do blog O amigos do Presidente Lula.

"Nosso adversário deveria procurar um novo argumento. Não é possível que possa pedir que eu censure a internet. Não posso fazê-lo. Ele não me alertou. Ele se queixou", afirmou oPresidente.

Sobre os artigos mostrados por Serra sobre Veronica , Lula rebateu dizendo que a internet é livre.

"Sempre achei que a internet livre tem coisa extraordinariamente séria e coisa extraordinariamente leviana. Não tem nada demais o que a internet publicou sobre a filha de Serra. Há insinuações como há contra o presidente Lula, contra a família do presidente Lula, contra vocês jornalistas individualmente. Se escrevem alguma coisa que o internauta não gosta, tomam cacete o dia inteiro", disse Lula.

Lula também afirmou que Serra está com "dor de cotovelo"

"O Serra precisa saber uma coisa: eleição a gente ganha convencendo os eleitores a votar na gente. Não é tentando convencer a Justiça Eleitoral a impugnar a adversária. Isso já aconteceu em outros tempos, na ditadura militar. Na democracia, o senhor Serra que vá para rua, que melhore a qualidade de seu programa [e TV]", disse Lula em referência ao pedido do PSDB para cassar a candidatura de Dilma Rousseff (PT).Ontem, a representação foi arquivada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

"E eu não vou permitir que nenhuma futrica menor, porque não tem nenhuma acusação grave contra o Serra, tem aquelas coisas de internet, atrapalhe. O presidente da República tem coisa mais séria para cuidar do que as dores de cotovelo do Serra", completou o presidente.Lula fez as declarações em Esteio, região metropolitana de Porto Alegre, onde participa de uma exposição de agropecuária.

O presidente passeou entre os estandes de agricultores e pecuaristas, sendo muito aplaudido. No entanto, ele também foi recebido por vaias porque muitos dos estandes foram isolados pela segurança da Presidência.

Notícia do site do PT

4 de set de 2010

O TUCANATO E O REFLORESTAMENTO

Deveriam chamar os tucanos para resolver problemas ambientais...rsrs... o PV nem chega aos pés...

Afinal, ninguém sabe, melhor ou igual ao PSDB, plantar...

31 de ago de 2010

Texto de Pedro Lima

Assunto: "LULA" O MEU PRESIDENTE...

"E agora o que que eu vou fazer?
Será que podemos eleger um presidente por mais algumas décadas,
só pra dar mais uma "ajeitadinha" no Brasil
antes que alguém ferre com tudo?!
Bom, leiam.....

Pedro Lima

(Economista e Professor da UFRJ)

Lula, que não entende de sociologia,
levou 32 milhões de miseráveis e pobres
à condição de consumidores;
e que também não entende de economia;
pagou as contas de FHC,
zerou a dívida com o FMI e
ainda empresta algum aos ricos;

Lula, o analfabeto, que não entende de educação,

criou mais escolas e universidades que seus antecessores juntos
[14 universidades públicas e estendeu mais de 40 campi],
e ainda criou o PRÓ-UNI,
que leva o filho do pobre à universidade
[meio milhão de bolsa para pobres
em escolas particulares].

Lula, que não entende de finanças
nem de contas públicas,
elevou o salário mínimo de
64 para mais de 291 dólares [valores de
janeiro de 2010], e não quebrou a previdência como queria FHC.

Lula, que não entende de psicologia,
levantou o moral da nação e disse que o
Brasil está melhor que o mundo.
Embora o PIG-Partido da Imprensa Golpista, que entende de tudo, diga que não.

Lula, que não entende de engenharia,
nem de mecânica,
nem de nada,
reabilitou o Proálcool,
acreditou no biodiesel e levou o país
à liderança mundial de combustíveis renováveis
[maior programa de energia alternativa ao petróleo do planeta].
Lula, que não entende de política,
mudou os paradigmas mundiais e
colocou o Brasil na liderança
dos países emergentes,
passou a ser respeitado
e enterrou o G-8 [criou o G-20].

Lula, que não entende de política externa nem de
conciliação, pois foi sindicalista brucutu;
mandou às favas a ALCA, olhou para os parceiros do sul, especialmente para os vizinhos
da América Latina, onde exerce liderança absoluta sem ser imperialista.
Tem fácil trânsito junto a Chaves, Fidel, Obama, Evo etc.
Bobo que é, cedeu a tudo e a todos.

Lula, que não entende de
mulher nem de negro,
colocou o primeiro negro no Supremo
(desmoralizado por brancos) e
uma mulher no cargo de primeira ministra,
e que pode inclusive, fazê-la sua sucessora.

Lula, que não entende de etiqueta,
sentou ao lado da rainha (a convite dela)
e afrontou nossa fidalguia branca de lentes azuis.

Lula, que não entende de desenvolvimento,
nunca ouviu falar de Keynes, criou o PAC;
antes mesmo que o mundo inteiro dissesse que é
hora de o Estado investir;
hoje o PAC é um amortecedor da crise.
Lula, que não entende de crise,
mandou baixar o IPI e levou a
indústria automobilística a
bater recorde no trimestre
[como também na linha branca de eletrodomésticos].

Lula, que não entende de português
nem de outra língua, tem fluência entre
os líderes mundiais;
é respeitado e citado entre as pessoas mais poderosas e influentes no mundo atual
[o melhor do mundo para o Le Monde, Times, News Week, Financial Times e outros...].

Lula, que não entende de respeito a seus pares,
pois é um brucutu,
já tinha empatia e relação direta com George Bush -
notada até pela imprensa americana -
e agora tem a mesma empatia com Barack Obama.

Lula, que não entende nada de sindicato,
pois era apenas um agitador...
é amigo do tal John Sweeny
[presidente da AFL-CIO -
American Federation Labor-Central
Industrial Congres - a central de trabalhadores dos Estados Unidos,
que lá sim, é única...]
e entra na Casa Branca com credencial de
negociador e fala direto com o Tio Sam lá, nos "States".

Lula, que não entende de geografia,
pois não sabe interpretar um mapa
é autor da maior mudança geopolítica
das Américas na história.

Lula, que não entende nada de diplomacia internacional,
pois nunca estará preparado,
age com sabedoria em todas as frentes e se
torna interlocutor universal.

Lula, que não entende nada de história,
pois é apenas um locutor de bravatas;
faz história e será lembrado por um grande
legado, dentro e fora do Brasil.

Lula, que não entende nada de
conflitos armados nem de guerra,
pois é um pacifista ingênuo,
já é cotado pelos palestinos para
dialogar com Israel.
Lula, que não entende nada de nada...
é bem melhor que todos os outros...!

Pedro Lima *
Economista e professor de economia da UFRJ

OBSERVAÇÃO:

DESCULPEM-ME OS NÃO-LULAS MAS
COMO RECEBO MUITOS EMAILS IRONIZANDO E FALANDO HORRORES DELE
ACHO QUE TENHO O DIREITO DE ENVIAR
UM UNICO EMAIL QUE FALE BEM DESSE
MARAVILHOSO "ANALFABETO".

SAUDAÇÕES BRASILEIRAS!"

Relembrando

Reproduzi aqui o texto do Prof. Milton Zaminato, em 2006. Isso para não esquecer porque lutamos para continuar a mudar o Brasil com Dilma Roussef:

Texto de Milton Zaminato ( Prof. de Física da UNB)

"Acredito que somente uma pessoa que nada aprendeu, não muda suas opiniões.
Passei a vida toda lutando contra a Ditadura Militar e políticos da Arena; PDS; PFL; PSDB.
Vivi a era FHC e vi o país ser posto à venda.
Vi Mais de 100 empresas públicas serem "privatizadas", sem que o produto da venda tenha sido utilizado em favor do País.
Fiquei 08 anos sem nenhum centavo de reajuste salarial.
Vi colegas de trabalho, concursados, serem demitidos, através do malsinado RH 008.
Vi todo o processo de desmonte da Caixa para a privatização.
Vi dezenas e dezenas de CPIs serem abortadas a custa de muita grana.
Vi o Procurador Geral da União ser chamado de Engavetador Geral da União.
Vi a Polícia Federal de mãos amarradas.
Vi o FMI mandando e desmandando e os Governos dizendo amém.
Vi um país que gerou apenas 8 mil empregos mensais durante 08 longos anos.
Vi trabalhadores escravos.
Vi e vivi.
Participei de dezenas de passeatas.
Vi o "pensamento único" do PSDB calando jornais, rádios e tvs.
Vi o Banco Central "doando" milhões de dólares para os banqueiros falidos salvarem suas peles.
Vi milhares de micros e pequenas empresas fechando suas portas para dar lugar aos importados pela paridade do dólar.
Vi o escândalo do SIVAM.
Agora que o Brasil gera mais de 100 mil empregos mensais;
Que as indústrias batem recordes de produção;
Que o comércio bate recordes de venda;
Que o país bate recordes de exportações;
Que dispensamos a tutela do FMI;
Que o BB contrata milhares de novos empregados concursados;
Que estamos entrando em período de deflação;
Que 09 milhões de famílias são atendidas pelos programas sociais do Governo;
Que a agricultura familiar está tendo acesso ao crédito e de fato sendo valorizada;
Que as pequenas e micros empresas voltam a abrir portas;
Que a Polícia federal atua sem amarras e desbarata uma quadrilha atrás da outra, como nunca em toda a sua história;
Que a fiscalização da Receita Federal está fazendo as grandes empresas e bancos recolherem impostos (tanto que a Receita federal também bate recordes de arrecadação);
Que o Ministério do Trabalho fiscaliza as empresas (o FGTS também bate recordes históricos de arrecadação) e está erradicando o trabalho escravo no campo.
Agora vem alguém me pedir para ir às ruas contra LULA e o governo popular???!!!

Meu amigo: TÔ FORA!!!!!
Estou pronto para ir às ruas pedir investigação de quaisquer atos de corrupção praticados por quem quer que seja.
Que a Polícia Federal, o Ministério Público Federal e outras instituições sérias investiguem com total isenção, e que a Justiça puna exemplarmente todo aquele que tenha praticado irregularidade.
Fazer o jogo e servir de instrumento de pessoas como ACM, Bornhausen, FHC, Arthur Virgilio, Álvaro Dias, Jefersons da vida e outros, que todos sabemos bem quem são, JAMAIS!
É preciso conhecer para poder opinar.
Pensem sobre.
Até mais"
Ter o PSDB no Governo Federal representa voltar no tempo. Não no sentido nostálgico, mas no de regredir.

G1 divulga entrevista de Dilma Roussef


O portal G1 divulgou hoje a entrevista de Dilma Roussef no Jornal da Globo de ontem. Trechos como esse: "Eu acho que um governo é composto de políticos que tenham competência técnica. Vai prosseguir sempre... eu vou prosseguir nesse critério. Vou escolher políticos com competência técnica. Aliás, eu sempre conto uma história: acho que os técnicos são muito importantes, mas técnicos que não têm compromisso com o desenvolvimento do seu país, que não têm compromisso com a distribuição de renda do seu país, que não têm compromisso com a inclusão social do seu país, levam o país a situações muito precárias.", mostram o porquê de votar na Dilma.

Veja a entrevista na íntegra no portal G1.

Dorina não será esquecida.


Eu, que passei pela angústia de ter reduzida a minha capacidade visual que culminou com a urgência de realizar duas cirurgias de catarata neste mês, não posso deixar de homenagear aqueles e aquelas que lutam pela acessibilidade, qualidade de vida e inclusão social de pessoas portadoras de qualquer tipo de deficiência. Mesmo se não tivesse passado pela experiência faria questão de homenagera as pessoas que lutam por essa minoria tão discriminada e, muitas vezes, esquecida.

É a segunda vez que passo por momentos que me impuseram limitações físicas. Em 2000 sofri um acidente que me deixou de cadeira de rodas durante seis meses, andador cerca de quatro meses e muletas, mais seis meses, do qual ainda tenho sequelas e que me afastaram de minhas atividades por quase dois anos.

Por esse motivo posto aqui matéria sobre falecimento de uma das pioneiras na luta pela inclusão da pessoa com deficiência visual:

Morre pioneira da inclusão social de cegos
São Paulo - A professora Dorina de Gouvêa Nowill, uma das maiores ativistas pela inclusão dos deficientes visuais no País, morreu ontem (dia 29) aos 91 anos. Segundo informações de familiares, ela estava internada havia cerca de 15 dias no Hospital Santa Isabel, na zona oeste, para tratar uma infecção, mas acabou sofrendo parada cardíaca.

A professora ficou cega aos 17 anos por causa de uma doença que os médicos nunca conseguiram entender. Decidiu então dedicar a vida à luta pela inclusão de pessoas na mesma condição.

Com um grupo de amigas, criou em 1946 a Fundação para o Livro do Cego no Brasil, que em 1991 recebeu seu nome. Junto com o Instituto Benjamin Constant, no Rio de Janeiro, a Fundação Dorina Nowill Para Cegos foi uma das pioneiras na produção de livros em Braille, na distribuição gratuita dessas obras para deficientes visuais e no desenvolvimento de técnicas mais modernas para que o cego consiga ler - como livros falados e vozes sintetizadas no computador.

Está no UOL Notícias, com informações do jornal O Estado de S. Paulo.

26 de ago de 2010

O desespero

O vazamento de informações da Receita Federal de quatro pessoas do PSDB ou ligadas ao partidodeve relamente ser investigado.

Mas ninguém me tira da cabeça que isso tem cara de ser gente ligada ao próprio PSDB criando fatos para tentar desestabilizar a campanha de Dilma Roussef.

Ou alguém acha que dentro das instituições públicas só tem gente ligada ao PT?

9 de ago de 2010

AGRADECIMENTO (5)

Tenho ainda um agradecimento especial e muito importante.

Quero agradecer ao João Brito, sogro da minha filha, que tem me acompanhado nesta jornada de cirurgias e tem sido incansável sempre.

Muito obrigada, João.

6 de ago de 2010

AO RECOLHIMENTO

Bom, depois de tantos agradecimentos, recolho-me ao meu repouso para não forçar meu olho esquerdo que ainda está se recuperando. Apesar de estar vendo muito melhor... rs

AGRADECIMENTO (4)

Em especial ao Dr. Nobuaqui, pela atenção e tratamento. Ao meu amigo João, do Hospital de Olhos, e a toda a equipe. Pude ver o atendimento humanizado, não só comigo, mas com todos os pacientes que estavam a guardando. A demora foi grande como também é grande a demanda, mas em nenhum momento me senti esquecida ou relegada nem vi acontecer isso com os(as) outros(as) pacientes que lá estavam.

Tive uma grata surpresa com a qualidade do serviço prestado pelo Hospital de Olhos.

Agradeço também o atendimento das meninas do consultório do Dr. Nobuaqui que, mesmo sabendo que eu era paciente SUS, me atendiam com muita cordialidade e prontidão. Muitos dirão que isso é apenas obrigação. No entanto quem já trabalhou na saúde sabe que os tratamentos são diferentes.

AGRADECIMENTO(3)

Agradecimento especial à minha filha Raquel. Luz da minha vida e minha eterna companheira. Alguém que luta para me ver sempre bem.

E aos meus lindos Giancarlo e Luiz Henrique, luzes também da minha caminhada, que, mesmo tão distantes, se preocuparam tanto comigo nesse momento.

Aos meus lindos netos Enzo Enrique e Luiz Fernando que me têm feito querer viver mais e mais para vê-los crescer.

Não posso esquecer meu genro Bruno, que considero como filho, e minha nora Jaquelini, sempre preocupada comigo.

AGRADECIMENTO (2)

Aos poucos amigos(as) a quem contei o que estava acontecendo comigo, mas que me deram muita força: Luizão, Ariane, Denis, Tião, Sidnei (do PT), Araceli.

Agradecimento especial a Sonia Lenira (não preciso dizer o porquê - ela sabe) . Obrigada, Sonia.

Agradecimento também ao (Rei)naldo Zanardi...rsrs. Ele também sabe o porquê.

Desculpem se esqueci alguém.

AGRADECIMENTO (1)

Ao meu irmão Sidnei. Parceiro em todos os últimos importantes momentos de minha vida. Um anjo que me dá força e apoio. E que tem me feito enxergar muita coisa, mas que me auxiliou e tem auxiliado muito neste meu momento.

Obrigado a você por estar presente em miunha vida, mesmo estando tão distantes.

AFASTAMENTO

Dentre tantas coisas, descobri, a cerca de um mês, porque andava tão desanimada com a internet. Estava perdendo a visão graças a uma catarata que avançou rapidamente nos últimos quatro meses.

Quando descobri me afastei de vez e passei a procurar uma solução para o meu caso. Enfim me submeti a uma cirurgia no último dia quatro e recuperei a visão do olho esquerdo. Na próxima quarta-feira será o olho direito e poderei ver a vida com outros olhos.

A angústia já está passando porque estou conseguindo enxergar parcialmente, mas maravilhosamente.

14 de jul de 2010

Diploma de jornalismo: chegará o dia


Enfim, podemos ter esperança. A Comissão Especial da Câmara dos Deputados aprovou a PEC dos Jornalistas. Matéria sobre o assunto pode ser lida no site da FENAJ.

Mais que simplesmente reconhecer a profissão, a PEC esclarece que a exigência do curso, em nível superior, e o registro do diploma para o exercício da profissão não constituem "restrição às liberdades de pensamento e de informação jornalística".

Como se os que são contra a exigência não soubessem disso e não usassem deliberadamente este artifício para descaracterizar esta profissão.

Leia a matéria Comissão Especial da Câmara dos Deputados aprova PEC dos Jornalistas, na íntegra.

As verdades que poucos profissionais ousam dizer


Uma das melhores leituras para quem quer descobrir como a Globo e a mídia em geral burlam e "des"tratam as informações e fatos, conforme seu interesse, é só acessar o Conversa Afiada, do Paulo Henrique Amorim.


E bom acesso a todos e todas.

6 de jul de 2010

Meu momento atual:


Gota D'Água

Já lhe dei meu corpo, minha alegria
Já estanquei meu sangue quando fervia
Olha a voz que me resta
Olha a veia que salta
Olha a gota que falta pro desfecho da festa

Por favor

Deixe em paz meu coração
Que ele é um pote até aqui de mágoa
E qualquer desatenção, faça não
Pode ser a gota d'água


A canção Gota D'Água é uma composição do grande Chico Buarque, o grande poeta da realidade brasileira transformada em melodia.

2 de jul de 2010

Bola pra frente

É... não deu para o Brasil. Só tenho pena do Dunga, já que agora a rede globo fará o possível para detoná-lo e tirá-lo do comando da seleção brasileira de futebol.

De qualquer forma, já foi.

E agora voltamos nossa atenção ao processo eleitoral e, tenho certeza que em 2014, quando a copa do mundo for no Brasil quem irá recepcionar os países participantes será a nossa futura presidenta da República, Dilma Rousseff.

30 de jun de 2010

Voltando das férias


Depois de passar, pela primeira vez, férias literalmente de trinta dias enfurnada dentro de casa cuidando da minha família e do mais novo componente...rsrs... meu neto Enzo Enrique volto, pegando no tranco...rsrs... às minhas atividades...

Volto também, em uma nova fase, mais reflexiva e introspectiva. Enfim, mais voltada a mim mesma. Afinal, já estou com 46 anos (apesar de não parecer...rsrsrsrs) e devo pensar mais em mim.

Beijos aos amigos e amigas que têm me dado força.

Enquanto isso, na terra brasilis...

Estamos em plena Copa do Mundo e no início do processo eleitoral e, além das tragédias naturais como o caso das enchentes no Nordeste e tragédias como os casos Eliza e Mércia, muito pouco se houve falar de assuntos importantes para cidadãos e cidadãs brasileir@s.

Agora que voltei de minhas férias reproduzo aqui trecho de artigo, publicado na Caros Amigos em 25 de junho, da socióloga Guacira Cesar de Oliveira que trata da criação do Estatuto da Igualdade Racial:

"O Estatuto da Igualdade Racial, depois de muito lavado e enxaguado, ficou esgarçado, desbotado, desfigurado e só agora foi aprovado pelo Congresso Nacional, apesar da manifestação contrária de boa parte do movimento negro e de organizações anti-racistas."

Leia mais no site http://carosamigos.terra.com.br/

13 de mai de 2010

RECADO

RECADO AO MANDRAKE. NÃO ACEITEI E NÃO ACEITAREI COMENTÁRIOS QUE FIRAM AS PESSOAS EM SUA INTEGRIDADE, PRINCIPALMENTE EU MESMA JÁ QUE VOCÊ UTILIZA UM TERMO NA TERCEIRA PESSOA DO PLURAL ME INCLUINDO NA SUA OFENSA.

26 de abr de 2010

Manifestação "CAÇA FANTASMA"

E o pessoal da Ules e Upes realiza amanhã, às 11h, no calçadão (em frente ao Banco do Brasil), uma manifestação contra o escândalo da Assembléa Legislativa (AL) do Paraná. Os estudantes estão cobrando a apuração dos órgãos competentes e pedindo que seja realizada até o final de abril uma audiência pública com o Ministério Público (MP), Polícia Federal (PF) e o Tribunal de Contas, apresentando o resultado das investigações à toda a sociedade.

A Ules está promovendo ainda a campanha do Voto aos 16. A campanha, também em parceria com a Upes, tem o apoio do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), visa incentivar os(as) jovens a participar da vida política brasileira, garantindo o direito ao voto.

LEIA O RELEASE DA ULES NA ÍNTEGRA

Protesto e luto

Nunca vi protesto no Dia das Mães. É sempre a mesma ladainha. As propagandas exaltando a mãe rainha do lar. Mães que, muitas vezes, durante o ano são maltratadas e humilhadas por maridos e filhos(as) e engolem os sofrimentos por um dia de paz e alegria. Um dia em que as pessoas endeusam, não as peculiaridades de cada mulher, mas sim uma figura "vendida" de abnegação e sacrifício que só reforça o machismo e a discriminação.

Desculpem o azedume e amargura. Sou mãe também e adoro ser lembrada.

Mas hoje, ao ver a notícia de mais duas mulher mortas, em Londrina - Valéria Aparecida Motta, 31 anos, assassinada pelo ex-marido que não aceitava a separação, e Daniele Cristina de Araujo, uma adolescente de 13 anos que, segundo informações, pode ter sido assassinada pelo ex-namorado - não me contive.

No próximo Dia das Mães estarei sob protesto e de luto por todas as mulheres violentadas e mortas.

20 de abr de 2010

Por trás do anonimato...

O que está por trás do debate sobre publicar ou não os comentários de anônimos é muito mais do que simplesmente aceitar opiniões sem identificação.

O pior é a seleção que os ditos "éticos" blogueiros fazem quando só selecionam os comentários que lhes interessam (isso quando eles mesmos não plantam recadinhos anônimos em seus próprios blogs para gerar polêmica ou expor opiniões que não têm coragem de publicar).

Não vejo a hora de ficar estabelecida legislação apropriada para conter esse tipo de atitude.

Quanto aos amigos e amigas que não estão tendo seus comentários aceitos saibam que meu blog está à disposição. Ah, os inimigos também terão seus comentários aceitos. Desde que não ofensivos.

24 de mar de 2010

Problermas técnicos

Por problemas técnicos de equipamento e internet não tenho atualizado meu blog. Aliado a isso vem outros problemas pessoais que estão mexendo com a minha vida.

Então passei para pedir desculpas a todos e todas e dizer que de vez em quando dão uma passada por aqui.

27 de fev de 2010

Dilma Rousseff já tem 31% da intenção de votos

imagem retirada do site de busca ww.google.com.br / imagens

Nova Pesquisa Datafolha coloca Dilma Rousseff com 31% da intenção de votos. Dilma avança e José Serra (PSDB) regride em todos os cenários levantados na pesquisa. O candidato tucano também é o que tem, hoje, o maior índice de rejeição: 25%.

Leia mais no site http://g1.globo.com

10 de fev de 2010

Érica, estamos com você.


Londrina toda está sensibilizada com o caso de Érica Pedrão de Brito, que foi atingida por uma pedra (na verdade um pedaço de concreto de cerca de 1,5kg) quando voltava para casa com o namorado Anderson Batista Ambroziak, no sábado (06), entre 1h e 1h30 da madrugada.

A versão de Anderson sobre o ocorrido foi registrada na polícia civil que já abriu o inquérito e está investigando. Segundo ele, ao sair de um churrasco na casa de amigos, para voltar para o centro da cidade, antes de passar pelo restaurante Fogão Caipira, na avenida Celso Garcia Cid, os dois ouviram um barulho e sentiram o baque de um objeto atingindo a lanterna traseira do carro. Enquanto Anderson virou-se para trás para tentar ver o que estava ocorrendo, Érica o avisou da movimentação à frente do carro. Anderson não parou o carro e neste momento, enquanto seguia pela Celso Garcia Cid, várias pessoas estavam vindo em direção ao carro atirando pedras e acertando o veículo com bastões e outros objetos. A única reação de Anderson foi acelerar o carro para sair o mais rápido possível dali. Foi quando uma grande pedra acertou o capô do fusca, depois bateu no parabrisa quebrando-o e acertando a cabeça de Érica. Anderson não viu quando ela foi atingida porque o parabrisa estilhaçou, mas sentiu quando ela desfaleceu em seu ombro. Ele parou o carro quando se sentiu em segurança (a cerca de 200 metros) e percebeu que ela não respirava. Começou então a fazer massagem cardíaca e respiração boca a boca e ela voltou a respirar no mesmo instante que um motorista de um micro-ônibus da TCGL parou e ligou para o Samu, que em menos de dois minutos chegou para prestar o atendimento. Também parou um motorista de um micro-ônibua de empresa particular para prestar socorro. O Samu, ao atender Érica, solicitou a escolta da polícia militar para todos que estavam no local para garantir a segurança para sair do local e irem todos para o Hospital Evangélico, onde Érica está internada em estado grave, com risco de morte.

Esta versão de Anderson é a que ele tem dito para todos e, inclusive, a imprensa. E Anderson reforça: NÃO HAVIA NINGUÉM APARENTE QUANDO ELE ENTROU NA AVENIDA CELSO GARCIA CID E TAMBÉM NÃO HAVIA BLOQUEIO OU BARREIRA À SUA FRENTE. A VIA PARECIA DESERTA E ESCURA NAQUELE MOMENTO E LOGO APÓS ELE PODE PERCEBER QUE AS PESSOAS VINHAM DAS CALÇADAS JÁ ATIRANDO OS OBJETOS.

Do contrário, da parte dos indígenas várias versões foram dadas à imprensa, UMA PARA CADA VEÍCULO DE COMUNICAÇÃO:

- que o Anderson estava bêbado e que jogou o carro em cima das pessoas;

- que ele passou em alta velocidade;

- que ele foi avisado pelos índios para não passar pelo local;

- que foi um revide porque um índio havia levado um tiro um tempo antes;

- que um carro e uma moto passaram atirando nos índios e Anderson e Érica passaram e foram apedrejados como uma reação ao ataque (como se tudo tivesse acontecido ao mesmo tempo);

- que toda ação tem uma reação, como se os indígenas estivessem reagindo ao fato de um índio ter sido atingido por um tiro ou colocando Anderson como agressores e não agredidos;

- que os índios não usaram pedras (não sei se choro ou se rio disso porque a pedra está onde caiu - dentro do carro - com o sangue de Érica);

EU, LORENA PIRES ROSTIROLLA, QUERO DEIXAR BEM CLARO QUE SEMPRE DEFENDI AS MINORIAS, SEUS DIREITOS E SUAS LUTAS, MAS JAMAIS DEFENDEREI A IRRESPONSABILIDADE, O CRIME E O ATAQUE À PESSOAS INOCENTES. FICOU CLARA TAMBÉM A OMISSÃO DO ESTADO, JÁ QUE, MESMO DEPOIS DE UM ÍNDIO LEVAR UM TIRO NÃO HOUVE NENHUMA MOVIMENTAÇÃO DA POLÍCIA PARA GARANTIR A SEGURANÇA DE TODOS. NEM UMA VIATURA FOI ALOCADA PRÓXIMO AO LOCAL EM UMA DISTÂNCIA SEGURA (NOS DOIS SENTIDOS DA VIA PÚBLICA) PARA INFORMAR OS QUE TRAFEGAVAM NAQUELA REGIÃO E DESVIAR O TRÂNSITO. ORA, PRIMEIRO UM ÍNDIO LEVA UM TIRO, DEPOIS UMA MULHER É QUASE MORTA E, MESMO ASSIM DEPOIS DE QUASE DUAS HORAS OUTRO CARRO É APEDREJADO.

TODOS OS QUE ESTÃO CHORANDO E ORANDO PELA ÉRICA COBRAM A RESPONSABILIDADE E AS PROVIDÊNCIAS. TODA A CIDADE DE LONDRINA COBRA ISSO.

E, SE DEPENDER DE MIM, ESTE CASO NÃO SERÁ ESQUECIDO. A ÉRICA É IRMÃ DE MEU GENRO BRUNO. MESMO SE NÃO FOSSE, MINHA INDIGNAÇÃO SERIA IMENSA, MAS ESTANDO PERTO E VENDO O DESESPERO E A TRISTEZA DE TODOS ELA SE MISTURA À DOR, A EXPECTATIVA E A ESPERANÇA DA FAMÍLIA E AMIGOS PARA QUE A ÉRICA SE RECUPERE E POSSA VOLTAR À SUA VIDA NORMAL.

5 de fev de 2010

Minha frase do dia...

E acho que de muitos dias de minha curta existência:

"Hoje não preciso mais me torturar com a futilidade mental. Só fale comigo se realmente tiver algo a dizer e só espere receber de mim, se estiver pronto a também doar."

Lorena Pires Rostirolla

Rei é Rei


Do meu amigo Reinaldo Zanardi em suas Letras Crônicas: "
Há muitas edições não acompanho os conflitos existenciais superficiais - mais conhecidos como baixarias - do Big Brother Brasil. Com a 10ª edição não é diferente. Abri uma exceção, para essas letras crônicas e resolvi vasculhar o globo.com e outros veículos."

O trecho é parte da ultima postagem "ENRUSTIDOS E ASSUMIDOS" do Reinaldo e faz uma análise da reafirmação sutil do preconceito, por meio dos rótulos e termos utilizados, principalmente pela mídia.