PENSO, LOGO, BLOGO!

Blog inserido no debate político e de fatos importantes do Município de Londrina (y otras cositas más), que pretende trazer a visão desta jornalista e cidadã londrinense. Lorena Pires Rostirolla (MTB/PR 2.943)

30 de jul de 2009

COM OU SEM DIPLOMA

Com ou sem diploma de jornalista, sou pela ética e responsabilidade no trato da informação .

SE HAY CUARTO PODER, SOY CONTRA
Y SOY CONTRA:

A MANIPULAÇÃO

A DESINFORMAÇÃO

A FALTA DE FORMAÇÃO DOS PROFISSIONAIS

A FALTA DE ÉTICA

OS INTERESSES ESCUSOS EM BUSCA DA FAMA OU DE RECONHECIMENTO

A FALTA DE MEMÓRIA DOS PROFISSIONAIS

A INCAPACIDADE E INCOMPETÊNCA ANALÍTICA

A BITOLA QUE SÓ FAZ ENXERGAR SEUS PRÓPRIOS INTERESSES

SOU A FAVOR:

DA DEMOCRATIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO

DA RESPONSABILIDADE PROFISSIONAL

DA ÉTICA COMO PRINCIPAL ARMA DE COMBATE AO MAU PROFISSIONAL

DA BUSCA PELA VERDADE

DE POSIÇÕES COERENTES

DE PROFISSIONAIS SÉRIOS

QUE, EM CASO DE POSIÇÕES POLÍTICAS DO PROFISSIONAL EM JORNALISMO, ESTE SAIBA TRABALHAR A INFORMAÇÃO, PORQUE SUA RESPONSABILIDADE AUMENTA MAIS AINDA.

29 de jul de 2009

H1N1: Utilidade Pública

A gripe A (H1N1) é agora uma preocupação constante e muitas têm sido as orientações. No entanto, como tem-se tratado mais da possibilidade de contágio e como as pessoas podem contrair o vírus, uma importante orientação não está sendo disseminada.

É fundamental que, em caso de suspeita de estar com a gripe, a pessoa tome o máximo cuidado ao buscar os serviços de saúde evitando entrar em salas de espera com muitas pessoas, de preferência avisando com antecedência para que o seu atendimento seja diferenciado, já que a porta de entrada para estes serviços, principalmente os postos de saúde, também é a porta de entrada para pacientes com outras doenças e que podem estar debilitados, portanto com maior propensãoa se contaminarem.

Abaixo, seguindo os exemplo do blogueiro Renato Cristopher do blog Café com Pizza, coloco informações sobre a gripe A.

H1N1: Perguntas e respostas

1. Quanto tempo dura o vírus da gripe “suína” em uma superfície lisa?
R: Até 10 horas.

2. Qual é a utilidade do álcool para limpar as mãos?
R: Torna o vírus inativo e o mata.

3. Qual é o meio mais eficaz de infecção deste vírus?
R: O ar não é a forma mais eficaz para a transmissão do vírus, o fator mais importante para a fixação do vírus é a umidade, (mucosa do nariz, boca e olhos), o vírus não voa e não atinge mais de um metro distância.

4. É fácil se contagiar em aviões?
R: Não, é um meio pouco propício para contágio.

5. Como posso evitar o contágio?
R: Não levar as mãos ao rosto, olhos, nariz e boca. Não ficar perto de pessoas doentes. Lavar as mãos mais de 10 vezes por dia, principalmente quando estiver em locais onde o contágio for mais provável.

6. Qual é o período de incubação do vírus?
R: Em média, de 5 a 7 dias e os sintomas aparecem quase que imediatamente.

7. Quando se deve começar a tomar medicação?
R: Dentro de 72 horas após o diagnóstico é muito bom, a melhora é de 100%.

8. De que forma o vírus entra no corpo?
A: Pelo contato, ao dar as mãos ou beijar na bochecha e pelo nariz, boca e olhos e ao pegar em objetos onde o contaminado já teve contato.

9. O vírus é letal?
R: Não. O que provoca a morte é a complicação da doença causada pelo vírus. Ex: pneumonia.

10. Quais os riscos dos familiares de pessoas que contraíram o vírus ou morreram?
R: Podem ser portadores e formar uma cadeia de transmissão.

11. A água nas piscinas transmite o vírus?
R: Não, porque contém produtos químicos e cloro.

12. O que faz o vírus quando provoca a morte?
R: Uma cascata de reações, tais como insuficiência respiratória. A pneumonia grave é que causa a morte.

13. Quando se inicia o contágio, antes ou até que os sintomas aparecem?
R: Desde que se tem o vírus, inclusive antes dos sintomas.

14. Qual é a probabilidade de recaída com a mesma doença?
R: 0%, pois a recaída imuniza o vírus da gripe “suina”.

15. Onde é que se encontra o vírus no ambiente?
R: Quando uma pessoa espirra ou tosse, o vírus pode permanecer em superfícies lisas, como portas, dinheiro, papéis, documentos, desde que haja umidade. Desde que não se esterilize o ambiente é extremamente recomendável a higiene das mãos.

16. Se eu for a um hospital particular vão me cobrar pelo remédio?
R: Não, existe um acordo de não cobrar porque o governo está entregando os remédios a todas as instituições de saúde públicas e privadas.

17. O vírus ataca mais os asmáticos?
R: Sim, os pacientes com doenças respiratórias são mais suscetíveis, mas tratando-se de um novo germe todos nós somos igualmente suscetíveis.

18.Qual é a faixa etária da população que este vírus está atacando?
R: De 20 a 50 anos de idade.

19. É útil cobrir a boca?
R: Há algumas máscaras de boca de maior qualidade que outras, mas se você for saudável é contraproducente, pois o vírus por seu tamanho atravessa a máscara como se ela não existisse e usando-a cria-se na área do nariz e boca um micro clima úmido propício ao desenvolvimento viral; mas se você já está infectado use-a para NÃO infectar outras pessoas; é relativamente eficiente.

20. Posso fazer exercício ao ar livre?
R: Sim, o vírus não anda no ar e nem tem asas.

21. Tomar Vitamina C serve para alguma coisa?
R: Não serve para prevenir o contágio deste vírus, mas ajuda a resistira a seu ataque.

22. Quem está a salvo desta doença ou quem é menos suscetível?
R: A salvo ninguém está, o que ajuda é a higiene dentro e fora de casa, escritórios, utensílios e evitar ir em locais públicos com aglomeração de pessoas.

23. O vírus se move?
R: Não, o vírus não tem asas, nem pernas, uma pessoa contaminada o faz entrar no interior do organismo.

24. Os animais de estimação se contaminam com o vírus?
R: Com este vírus NÃO, mas com outros tipos sim.

25. Se eu vou a um velório de alguém que morreu deste vírus posso infectar-me?
R: NÃO. Você não se contamina com quem já está morto, mas deve estar atento para saber se outras pessoas próximas ao falecido têm os sintomas ou a suspeita da doença.

26. Qual é o risco de mulheres grávidas contrair este vírus?
R: As mulheres grávidas têm o mesmo risco, e em dobro. Elas podem tomar antivirais em caso de contágio, mas com rigorosa supervisão médica.

27. O feto pode ter lesões se uma mulher grávida estiver contagiada por este vírus?
R: Não sabemos ainda, pois este é um vírus novo.

28. Posso tomar ácido acetilsalicílico (AAS, aspirina e outros)?
R: Não é recomendado porque pode causar outras doenças. A menos que você já o utilize por prescrição médica para problemas coronários. Nesse caso, continue tomando.

29. Ajuda alguma coisa tomar antivirais antes dos sintomas?
R: Não ajuda em nada.

30. As pessoas com HIV, diabetes, aids, câncer, etc., podem ter maiores complicações do que uma pessoa saudável quando se contagia com o vírus?
R: Sim.

31. Uma gripe convencional forte pode se converter em gripe H1N1?
R: NÃO.

32 . O que mata o vírus?
R: O sol por mais de 5 dias no meio ambiente, sabão, antivirais, álcool gel.

33. O que fazem nos hospitais para evitar contágios em outros pacientes que não têm o vírus?
R: O Isolamento, a esterilização de tudo que é utilizado, inclusive local de atendimento, e desprezar materiais descartáveis utilizados em local apropriado para lixo infecto-contagioso.

34. O álcool gel é eficaz?
R: Sim, muito eficaz.

35. Se eu sou vacinado contra a gripe da estação estou segura contra este vírus?
R: A vacina para a gripe disponível não serve para nada. Ainda não há vacina para a gripe Influenza A H1N1.

36. Este vírus está sob controle?
A: Não totalmente, mas as autoridades da saúde estão tomando medidas agressivas de contenção.

37. O que significa passar do alerta 4 ao alerta 5?
R: Na fase 4, o risco de transmissão do vírus já é alto o suficiente para causar focos da doença em comunidades. A fase 5 é caracterizada pela propagação do vírus em, pelo menos, dois países, indicando uma pandemia iminente. E a fase 6 indica que uma pandemia global está em curso.

38. Quem foi infectado por este vírus e se cura, fica imune?
R: Sim.

39. As crianças com tosse e gripe têm influenza?
R: As viroses comuns em crianças, dentre elas a gripe comum, são normais. Os adultos é que têm sido mais contaminados pelo vírus, então é necessário estar alerta se houver casos confirmados de adultos próximos a alguma criança e, principalmente com crianças que estão em idade escolar.

40. Quais as medidas que as pessoas que trabalham devem tomar?
R: Lavar as mãos várias vezes ao dia, evitar o contato muito próximo e não utilizar objetos sem lavar, limpar ou esterilizar, caso isto seja necessário.

41. Eu posso me contagiar ao ar livre?
R: Se há pessoas infectadas e que tossem ou espirram sim, pode acontecer, mas o ar é um meio de pouco contágio.

42. Pode-se comer carne de porco?
R: Sim, pode e não há nenhum risco de contágio.

43. Qual é o fator determinante para saber se o vírus já está controlado?
R: Embora a epidemia esteja controlada agora, no inverno boreal (hemisfério norte) pode retornar e ainda não haverá vacina.

22 de jul de 2009

CHUVA DE GRANIZO




A chuva de granizo que caiu por volta das 22h deve ter feito estragos na cidade. Só espero que não tenha havido feridos porque ela veio de surpresa, foi intensa e durou cerca de 10 minutos.

14 de jul de 2009

Maioria dos vereadores é contra perueiros

A maioria dos vereadores e vereadoras se posicionOU (desculpem o grave erro de concordância que eu havia ometido) contra o possível projeto de lei que estabeleceria o transporte de passageiros por vans e kombis (perueiros), inclusive assumindo publicamente com um protocolo de intenção de compromisso proposto pela vereadora Sandra Graça (PP) e assinado por mais 11 vereadores.


O vereador Jacks Dias encaminhou release à imprensa em que expõe sua opinião contrária ao estabelecimento do sistema de perueiros, que atua na clandestinidade e tem sido dor de cabeça nos grandes centros urbanos. Abaixo release do vereador:

Jacks Dias é contra precarização do transporte coletivo
O vereador afirmou hoje (14) que o projeto de lei que propõe a liberação do transporte de passageiros em vans reacende um debate já vencido, inclusive judicialmente, em Londrina

“Quem não lembra o embate, criado em 2002, pelos perueiros, tentando garantir a entrada de vans e kombis para fazer o transporte urbano de passageiros na cidade”, recordou Jacks Dias. O vereador reforçou que, na época, além da posição contrária da Administração Municipal e da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), respaldada legalmente, os próprios perueiros tiveram várias liminares indeferidas pela justiça, confirmando a posição do Executivo Municipal.

O respaldo legal que proíbe serviços prestados de modo informal, por meio de vans ou veículos similares, está estabelecido na Constituição da República, no Código Brasileiro de Trânsito e no Código de Posturas do Município de Londrina. “E não podemos esquecer que este tipo de serviço não atende vários requisitos fundamentais do serviço de transporte coletivo urbano”, frisou Jacks Dias.

Segundo o vereador, este serviço não está preparado para atender emergências em caso de acidente de trânsito, não obedece regularidade de horário e nem atende áreas de difícil acesso e onde há risco de assalto, não paga encargos públicos, não possui veículos de reserva e não tem motoristas com experiência comprovada para o serviço. “Outros benefícios importantes não são oferecidos pelos perueiros como o passe escolar, a gratuidade para idosos, deficientes, crianças e entidades assistenciais e, principalmente, este tipo de transporte não oferece a integração que contempla o usuário com passagem única para vários percursos”, enfatizou Dias.

De acordo com Jacks Dias, é preciso muita responsabilidade com os serviços públicos de que a cidade dispõe. “Com este tipo de proposta, depois inclusive da apresentação de um relatório na CEI [Comissão Especial de Inquérito] que não contempla a questão da integração - uma conquista dos trabalhadores de Londrina – corremos o risco de ter o serviço precarizado em nosso município”, alertou.

Outro fator importante lembrado pelo vereador é que este tipo de ação vai encarecer mais ainda a passagem das empresas regulares do transporte coletivo urbano já que a tendência é redução de usuários no serviço, o que viria incidir na planilha de cálculos da tarifa. “A população londrinense tem de saber o que está acontecendo para poder evitar e é nossa obrigação, como vereador, informar e alertar os cidadãos e cidadãs”, concluiu.

Desabafo do Arthur


Arthur Montagnini desabafa sobre o que aconteceu no bar Escritório, no sábado (dia 11) à noite.

13 de jul de 2009

HOJE EU VI O ARTHUR


Parece nome de crônica, mas não é.

Hoje, o blogueiro e ilustrador Arthur Montagnini esteve lá na Câmara e fiquei abismada com o que lhe aconteceu. Arthur foi agredido por seguranças no bar Escritório, após tentar separar uma briga. Segundo ele e testemunhas, os seguranças do estabelecimento o levaram para o estacionamento e o espancaram, mesmo ele tentando argumentar que só estava tentando parar a briga.
Confira mais informações no BLOG IDÉIA CERTA.

Sempre defendi a noite londrinense e todos os(as) trabalhadores(as), inclusive seguranças, muitos inclusive, amigos meus.

Mas a segurança está lá para garantir segurança e não agredir fisicamente uma pessoa indefesa e causar insegurança. Também é responsabilidade do dono do estabelecimento o tipo de tratamento que seus trabalhadores(as) dão a seus clientes.

10 de jul de 2009

LONDRINA NÃO PODE PERDER INTEGRAÇÃO

A população londrinense deve ficar atenta pois pode perder uma conquista: a integração no transporte coletivo urbano. Abaixo release encaminhado à imprensa do vereador Jacks Dias (PT):

Jacks Dias defende a integração do Transporte Coletivo
Vereador alerta sobre possibilidade dos londrinenses perderem o sistema integrado, via cartão de transporte, da bilhetagem eletrônica

O vereador Jacks Dias mostrou-se preocupado com itens apontados no relatório parcial da Comissão Especial de Inquérito (CEI) do Transporte Coletivo e, dentre eles, um ponto chamou a atenção do vereador. “Ao analisar o relatório percebi que um quesito importante não consta no documento: a Integração”, destacou.

Jacks Dias lembrou que a integração é uma conquista dos londrinenses e foi resultado da reivindicação e da luta de trabalhadores e estudantes durante 10 anos na cidade, de 1983 a 1993. O sistema integrado foi implantado a princípio no Terminal Urbano de Transporte Coletivo, depois nos terminais de integração nas regiões da cidade.

Dias informou que, por meio da Bilhetagem Eletrônica, a integração temporal, onde o usuário que possui o Cartão Transporte pode fazer a integração de uma linha para outra, em qualquer ponto da cidade, desde que respeitado o período de até uma hora, é um avanço já conquistado. “E o valor da integração é contabilizado na planilha e incide sobre o valor final da passagem, assim como o passe escolar e o passe livre, benefícios que são diluídos no custo total”, explicou.

A falta do item citado pelo vereador pode indicar, segundo ele, o fim da integração e, a partir daí, cada vez que um usuário entrar em um ônibus ele terá de pagar outra passagem, a não ser que esteja em um terminal se for mantida a integração nos terminais. “Isto é um retrocesso e significa que o deslocamento deixa de ser possível com o valor de uma única passagem e muitas pessoas serão obrigadas a deixar de usar o sistema, ou pagar, ao invés de R$ 2,00, R$ 4,00, R$ 6,00, ou até mais, no caso de ser mantido este valor”, alertou.

8 de jul de 2009

VOCÊ TEM FOME DE QUE? VOCÊ TEM SEDE DE QUE?

Comida

Bebida é água!
Comida é pasto!
Você tem sede de que?
Você tem fome de que?...

A gente não quer só comida
A gente quer comida
Diversão e arte
A gente não quer só comida
A gente quer saída
Para qualquer parte...

A gente não quer só comida
A gente quer bebida
Diversão, balé
A gente não quer só comida
A gente quer a vida
Como a vida quer...

Bebida é água!
Comida é pasto!
Você tem sede de que?
Você tem fome de que?...

A gente não quer só comer
A gente quer comer
E quer fazer amor
A gente não quer só comer
A gente quer prazer
Prá aliviar a dor...

A gente não quer
Só dinheiro
A gente quer dinheiro
E felicidade
A gente não quer
Só dinheiro
A gente quer inteiro
E não pela metade...

Diversão e arte
Para qualquer parte
Diversão, balé
Como a vida quer
Desejo, necessidade, vontade
Necessidade, desejo, eh!
Necessidade, vontade, eh!
Necessidade...

Interpretação: Titãs
Composição: Arnaldo Antunes / Marcelo Fromer / Sérgio Britto

7 de jul de 2009

Lula recebeu prêmio na Unesco hoje


Mesmo com todas as críticas da oposição, o trabalho do presidente Lula continua a ser reconhecido. Lula recebeu hoje (dia 7) na sede da Unesco, em Paris, o Prêmio Incentivo da Paz, Félix Houphouët-Boigny.

O prêmio concedido ao presidente brasileiro é um reconhecimento por "seu trabalho em prol da paz, o diálogo, a democracia, a justiça social e a igualdade de direitos, assim como por sua inestimável contribuição para a erradicação da pobreza e a proteção dos direitos das minorias", informa um comunicado da Unesco. (Leia mais)